Alerta contra golpes

Alerta contra golpes no boleto

Aviso aos clientes ⚠️

A VinilSul ALERTA a seus clientes sobre a disseminação de golpes na internet. Empresas falsas de cobrança ou golpistas montam boletos fraudulentos, muito parecidos com os originais, e enviam para clientes de diversas instituições, inclusive a VinilSul. Uma vez pagos, os valores não são direcionados para o credor, mas sim para um desconhecido.

É preciso redobrar a atenção e certificar-se de que a correspondência procede realmente da empresa VinilSul ou Nexxera (que é a empresa van de serviços da VinilSul e por isso seu nome consta nas mensagens de alerta de vencimento, envio de boletos e no link de acesso ao portal financeiro).

Para evitar transtornos, antes de realizar qualquer pagamento por boleto, leia atentamente as dicas que reunimos aqui.

Confira o código de barras

Desconfie de boletos com códigos de barra falhados, com erros grosseiros de layout ou ortografia, principalmente quando não permitem o reconhecimento pela leitora e te obrigam a digitar o código.

Dê preferência para pagamentos feitos através da leitora do caixa eletrônico ou do celular, pois dificilmente os boletos fraudados são lidos por esses mecanismos.

No boleto, o número do código de barras aparece na parte superior e inferior e atenção para as dicas:

  • Esse número deve ser o mesmo nos dois extremos.
  • Além disso, os 3 primeiros números devem ser o código do banco que emitiu o boleto.
  • Os dígitos finais devem corresponder ao valor que será pago.

Olhe a fonte de emissão do boleto

Obtenha preferencialmente os boletos a partir do seu internet banking ou pelo portal de cobrança da VinilSul (http://cobranca.nexxera.com/sacado).

Nunca pague boletos de origem desconhecida. É primordial saber onde o boleto foi emitido. Não pague boletos vindos por mensagens de SMS ou WhatsApp – a VinilSul (e a maioria das instituições) não envia boleto desta maneira.

Para os boletos que chegam por e-mail, verifique com atenção o endereço virtual que remeteu a informação e se os dados (endereço, CNPJ) correspondem realmente à VinilSul ou Nexxera.

Cheque o portal de cobrança VinilSul

Para emitir uma via de boleto, tenha certeza de estar acessando o site oficial de cobrança da VinilSul (Cobrança Eletrônica Nexxera), que é acessado através deste endereço: http://cobranca.nexxera.com/sacado.

Tela inicial do site de emissão de boleto da VinilSul, do parceiro Nexxera.

Preste atenção no valor do boleto

O valor do boleto deve ser igual ao valor da compra, e ele aparece em dois lugares no documento: no campo “valor do documento”, próximo à data de vencimento, e no final do código de barras. Esses dois valores devem ser iguais. Caso não sejam, desconfie.

Nossos Dados

No boleto devem constar os dados de quem vai receber o pagamento, como endereço e CNPJ do beneficiário.

Para evitar cair em golpes, confira todos os dados do beneficiário e certifique-se de que eles são verídicos. Se houver algum dado que você desconhece, pesquise ou faça contato com os meios aos quais você já está habituado para ter certeza de que se trata da VinilSul e que você não está transferindo o dinheiro para outra pessoa.

Se possível, atente ao nome do beneficiário no ato do pagamento na tela, certificando-se de que se trata do CNPJ a que refere-se ao pagamento.

* Nos casos de fraude registrados na VinilSul, percebemos que ao simular o pagamento, o beneficiário era na verdade uma pessoa física. Numa outra situação. o beneficiário era o PagSeguro.

Dados verificados VinilSul ✅

Nossos CNPJs confiáveis para cobranças

Bancos com os quais a VinilSul trabalha

  • Banco do Brasil
  • Bradesco
  • Itaú
  • Santander
  • Uniprime

❌  Não trabalhamos com bancos digitais.

Idenfiquei um boleto falso. O que fazer?

Em primeiro lugar, anote no boleto com caneta, que trata-se de boleto falso. Assim você evita confusão e o pagamento posterior. 

Depois, denuncie!

Se o boleto foi recebido por um email supostamente identificado como VinilSul, ou mesmo por Correio, faça o alerta pelo email portal.financeiro@vinilsul.com.br. Ao recepcionar uma denúncia, tomaremos as providências cabíveis.

🆘 Paguei um boleto falso. E agora?

Se você sofreu um golpe, em primeiro lugar, tenha em mãos o boleto falso e o comprovante de pagamento. Então, procure ajuda. 

Se o boleto foi emitido supostamente por “site” de instituição bancária, contate imediatamente com seu gerente de relacionamento no banco, para verificar o que poderá ser feito em seu favor e/ou pelo telefone 0800 da instituição mencionada no boleto falso.

Se o boleto foi recebido de terceiros por e-mail, contate a delegacia de crimes cibernéticos.

* Existem várias delegacias de crimes cibernéticos no Brasil, como por exemplo a NUCIBER-PR e a  DEIC-SP. Procure a mais próxima de você.

Referência: IDEC (Instituto Financeiro de Defesa do Consumidor).

    Carrinho